0 Comentários
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn
Por: /

Riscos fiscais desnecessários: aprenda como evitar problemas

Todo negócio envolve riscos, mas existem aqueles que são inerentes a ele — os quais não há muito como escapar — e os que são absolutamente desnecessários. Alguns riscos fiscais, por exemplo, além de não serem necessários, configuram-se como grandes erros da gestão patrimonial.

Isso, porque há questões tributárias que levam a situações mais graves e de difícil solução para a empresa. Confira, a seguir, algumas dicas para evitar essa situação.

Faça um bom planejamento fiscal

As melhores estratégias sempre começam com um bom plano, não é? E um planejamento fiscal ajuda a gerenciar o pagamento de taxas e tributos, sempre tendo em vista a possibilidade legal de reduzir o custo da carga tributária.

Além de escolher o regime tributário que seja mais conveniente para seu negócio, há outros detalhes sobre as normas que regem o fisco que ao serem conhecidos e implementados, podem trazer vantagens para a empresa.

Acompanhe a legislação tributária

O amplo conhecimento da legislação tributária, além de ajudar a reduzir os custos relativos ao recolhimento de impostos, também evita que a empresa seja surpreendida por novidades normativas que, ao serem descumpridas, podem trazer prejuízos grandes e duradouros.

Dessa forma, é importante que os profissionais da área, dentro da companhia, tenham conhecimento da legislação vigente e ainda condições de acompanhar as mudanças legais a fim de tomar uma atitude preventiva.

Utilize um sistema de gestão

Um software de gestão pode ser uma boa ferramenta para evitar que haja erros e atrasos na rotina administrativa relacionada aos tributos. Então, utilize um programa fiscal que auxilie nos lançamentos de informações, que gere lembretes para as obrigações a serem cumpridas e ajude na apuração do período, se integrando ao SPED Fiscal e ao Contábil.

Tudo isso minimiza erros e garante que todas as obrigações sejam recolhidas e os dados transmitidos aos órgãos competentes sem atrasos, evitando assim, o pagamento de multas e eventuais sanções que possam pesar sobre o seu negócio.

Administradoras analisando os riscos fiscais

Invista em bons profissionais da área contábil

Até agora, vimos que é preciso um olhar de especialista para garantir que a empresa não corra riscos fiscais desnecessários.

Esses especialistas podem estar na sua equipe, que você precisa sempre manter atualizada para acompanhar as alterações na legislação e as novas formas de se cumprir com as obrigações fiscais. É interessante frisar que é preciso ter mais de uma pessoa que responda por essa área no seu empreendimento, pois imprevistos sempre acontecem. Dessa forma, ao decentralizar a gestão fiscal, você tem a garantia de sempre ter ao menos um funcionário apto a responder pela área, operando os softwares específicos com maestria.

Caso seja inviável manter essa equipe interna, uma boa opção — que pode inclusive ser mais econômica — é contratar uma empresa que preste essa consultoria fiscal. Assim, você conta com especialistas que vão assegurar sempre que seu negócio esteja em dia com o fisco.

Atente-se ao enquadramento da empresa à CNAE

A Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) tem validade em todo o território nacional e é aplicável a todas as empresas de bens e serviços. Essa é a classificação que permite que sua empresa defina, por exemplo, sua adesão ao Simples Nacional.

Um enquadramento tributário adequado faz com que sua empresa arque apenas com os tributos que são de competência dela, levando a uma redução de custos. Dessa forma, é preciso sempre verificar a CNAE para ver se não houve mudança, seja por aumento nos lucros ou por mudanças na legislação.

Para evitar prejuízos decorrentes de riscos fiscais, é importante utilizar ferramentas adequadas para administrar sua empresa, contar com pessoal especializado e sempre manter a equipe atualizada, tanto em termos legais como de conhecimento da área fiscal.

Agora, por que não compartilha este post nas redes sociais? Dessa forma, você pode ajudar seus amigos empreendedores para que não corram riscos desnecessários que os levem ao prejuízo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.