4 Comentários
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn
Por: /

Gestão financeira no Vale do Silício: o que podemos aprender?

O Vale do Silício é uma região vista, no mundo todo, como sinônimo de inovação e berço das novidades tecnológicas que, brevemente, vão se tornar o sonho de consumo da maioria das pessoas.

Esse tipo de negócio, hoje em dia, apresenta um crescimento enorme e muito rápido, o que exige uma excelente gestão financeira para dar suporte ao desenvolvimento dessas empresas. Assim, mais do que novidades tecnológicas, o Vale do Silício também exporta boas práticas aplicáveis a empreendimentos de vários segmentos e tamanhos.

Neste post, vamos discutir algumas lições de sucesso vindas desse polo tecnológico. Continue a leitura e fique de olho!

O empreendedorismo no Vale do Silício

O Vale do Silício é uma região da Califórnia, e sua história como polo tecnológico teve início há muito tempo, na época da Segunda Guerra Mundial. Sabe-se que muito do desenvolvimento de tecnologia é devido a propósitos militares. No entanto, passado esse período turbulento da história, a região continuou a se consolidar em tempos de paz.

Atualmente, além de multinacionais já consagradas, como a Intel, a Apple e a Microsoft, e de empresas que nos oferecem produtos de uso cotidiano, como a Netflix e a Google, o Vale é terreno fértil para o crescimento de várias startups.

E isso se deve a uma verdadeira cultura do empreendedorismo, que ultrapassa fronteiras. Essa cultura se fundamenta em três pilares:

1. Erros são aceitáveis

Erros são aceitáveis e, muitas vezes, são inclusive inevitáveis para quem quer inovar. É importante, no entanto, aprender com os erros para chegar ao sucesso.

2. Financiamento é necessário

A maioria dos negócios começa com um investimento de seus fundadores. No caso das startups, há empreendedores que se tornam financiadores de novos negócios.

3. Mecanismos de suporte devem estar sempre disponíveis

Novos negócios que contam com serviços especializados de contabilidade, recrutamento e relações públicas, por exemplo, saem na frente na corrida pelo seu lugar no mercado.

A gestão financeira no Vale do Silício


Deu para notar, então, que empreender não é dar um tiro no escuro. Para inovar, há certo risco envolvido — um tipo de risco a que todo empresário pode estar sujeito, mas que deve ser calculado. Assim, uma grande lição que vem do Vale do Silício é a de se manter uma boa e saudável gestão financeira.

Há orientações comuns e importantes a todo empreender, como:

  • ter sempre um planejamento estratégico;
  • manter o capital de giro;
  • organizar e automatizar processos e documentações, contando com um software específico ou com empresas especializadas;
  • estipular e conferir o cumprimento de metas.

Mas há ainda outras, muito próprias do Vale que fazem parte do chamado Ciclo de Aceleração do Empreendedorismo. Veja:

Sonho grande

O sonho grande tem a ver com a capacidade de elevar metas e trabalhar para atingi-las.

Crescimento


Para crescer de forma significativa, os empreendimentos devem contar com planejamento, acesso aos melhores talentos, financiamentos e, claro, consumidores.

Comprometimento

Esse atributo se refere ao compromisso que a empresa deve ter com a comunidade em que está inserida e, também, com os novos empreendedores que surgirem na região.

Reinvestimento

Além de reaplicar recursos na própria empresa, é importante investir em novas empresas e startups quando se está imerso em uma cultura de inovação e empreendedorismo.

Esse ciclo propõe que investir no crescimento coletivo de um grupo de empresas pode ser vital para o sucesso de cada uma delas, individualmente. É importante que isso esteja incluído na gestão financeira de cada empreendimento, pois todo investimento feito visando o sucesso da companhia deve ser previsto no planejamento estratégico.

Esperamos que este artigo tenha sido inspirador para você. Agora, para continuar tendo acesso às melhores dicas e conteúdos sobre gestão e contabilidade, assine nossa newsletter e receba nossos posts diretamente na sua caixa de entrada!

4 comentários sobre “Gestão financeira no Vale do Silício: o que podemos aprender?”

  1. Muito Interessante esse site, gostaria de parabenizar pelo ótimo conteúdo. Gostei muito e vou acompanhar toda semana as novidades e atualizações. beijos Cintia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.