1 Comentário
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn
Por: /

Consultoria contábil: por que ela é tão importante?

A consultoria contábil é um serviço especializado que pode contribuir de forma decisiva no crescimento e desenvolvimento de uma empresa. Já que é ela que lida com suas informações patrimoniais, econômicas, financeiras e fiscais.

E é esse o tema do presente artigo, o qual abordará sua importância, os serviços que o contabilista pode oferecer e seu valor na tomada de decisões.

Se você está interessado no assunto, então continue com a leitura do post e saiba como esse tipo de assessoria profissional poderá ser útil em seu negócio. Boa leitura!

A importância da consultoria contábil

A maior característica do mundo dos negócios é a competitividade: ela oferece oportunidades de ganhos, mas também ameaças de fracasso e perda de capitais. O empreendedor sabe disso muito bem e aceita os desafios com os quais se depara.

Porém, os riscos devem ser calculados, do contrário seria como dar um tiro no escuro. E é aqui que entra a importância da consultoria contábil, seja no momento de abrir uma empresa, ou quando se fizer necessário expandi-la.

O contador possui uma visão global da estrutura patrimonial de uma entidade, de suas possibilidades de crescimento e de seus limites de atuação. Em outras palavras, trata-se de um especialista cujas recomendações poderão ser vitais para um empreendimento.

Serviços fornecidos pelos profissionais de contabilidade


Contadores competentes e experientes são profissionais altamente capacitados para acompanhar diversos aspectos de natureza patrimonial, econômica e financeira da empresa. Dentre os serviços que eles podem oferecer, podemos mencionar:

  • verificação da sua situação fiscal junto aos órgãos governamentais — Fiscos municipais, estaduais e Federais —, o que implica em conferir o cumprimento de pagamentos e de obrigações tributárias e detectar e resolver irregularidades nesse campo;
  • visualização do cenário financeiro da organização: acompanhar seus fluxos de caixa (entrada e saída de numerários), de modo a sugerir medidas que garantam o equilíbrio de suas finanças;
  • auditar seus registros e relatórios contábeis e recomendar procedimentos destinados a evitar erros e fraudes;
  • apurar e analisar indicadores econômico-financeiros, como os índices de liquidez, de rentabilidade, de grau de endividamento e de imobilização de capital.

Trata-se, desse modo, de produzir e disponibilizar informações valiosas e fundamentais na tomada de decisões dentro da firma, como será comentado a seguir.

Apoio às decisões estratégicas

Podemos dizer que administrar é tomar decisões, principalmente aquelas de caráter estratégico. Quais sejam, de iniciativa da alta administração (sócios, acionistas, diretores) e que dizem respeito ao futuro da entidade (médio e longo prazos), as quais podem incluir:

  • investimentos na expansão de negócios;
  • inovação quanto aos produtos ou serviços fornecidos;
  • aumento da participação no mercado;
  • estratégias de marketing e de vendas;
  • contratação de empréstimos e financiamentos.

Perceba que são medidas cuja implementação requer o uso de informações completas, precisas, confiáveis e à disposição no momento oportuno, pois elas podem resultar em crescimento das atividades empresariais, mas também comprometer a própria existência da empresa, caso venham a ser executadas de forma inadequada.

E são precisamente os relatórios, as análises, os dados e as sugestões dos contabilistas que constituirão uma base segura para as tomadas de decisões gerenciais.

E agora que você já está mais bem informado sobre o assunto, compartilhe o post nas redes sociais, pois ele poderá ser útil para outras pessoas.

Um comentário sobre “Consultoria contábil: por que ela é tão importante?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.