0 Comentários
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn
Por: /

Imposto de Renda 2019: tire todas as dúvidas e acerte na sua declaração!

Se você possui rendimentos, com certeza já teve que lidar com o famoso Imposto de Renda. Mas você sabe para que ele serve e como acertar na declaração para não cair na temida malha fina?

Para ajudar você a comprovar sua situação financeira ao Fisco, preparamos um miniguia que traz respostas para as principais dúvidas sobre o assunto.

Confira o material, fique atento ao que mudou neste ano e, se ainda precisar esclarecer algum ponto, fique tranquilo: nossa equipe de especialistas está à disposição para conversar com você!

O que é o Imposto de Renda?

É um tributo federal que incide sobre a renda do trabalhador. Para isso, todos os anos a Receita Federal pede que os brasileiros informem quanto ganharam e quanto gastaram no último ano, para saber se o que você paga de imposto é compatível com os seus rendimentos anuais.

Para onde vai o dinheiro arrecadado com o IR?

Os recursos recolhidos por meio desse tributo são aplicados em várias áreas. Entre as destinações, estão o financiamento de projetos de saúde e educação, assim como investimentos em infraestrutura e em programas sociais, como o Bolsa Família.

Quem deve declarar o IR de 2019?

Se você se enquadra em qualquer uma das situações abaixo, está obrigado a declarar:

  • Obteve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;
  • Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40.000,00;
  • Teve bens ou direitos até 31/12/2018 acima de R$ 300.000,00;
  • Passou à condição de residente do Brasil;
  • Obteve receita bruta de atividade rural superior a R$ 142.798,50 (em qualquer mês do ano calendário 2018);
  • Apurou ganho de capital na alienação de bens e direitos;
  • Teve operações na bolsa de valores.

Mulher realizando a declaração do Imposto de Renda 2019.

Qual o prazo de entrega da declaração e formas de elaboração?

Em 2019, o prazo de entrega inicia em 7 de março e encerra em 30 de abril, às 23h59, horário de Brasília. Há três formas de elaboração da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física:

  • Por meio de computador, mediante a utilização do Programa Gerador da Declaração (PGD), relativo ao exercício de 2019, disponível no site da Secretaria da Receita Federal do Brasil.
  • Diretamente no site da Receita Federal, mediante acesso ao serviço “Meu Imposto de Renda”, disponível no Portal e-CAC.
  • Por meio de dispositivos móveis, tablets e smartphones, mediante a utilização do serviço “Meu Imposto de Renda”, no APP “Meu Imposto de Renda”. Disponivel no Google Play (Versão Android) e na App Store (versão iOS).

Quais as mudanças no IR de 2019?

Em 2018, era facultativo informar à Receita Federal o CPF de dependentes de qualquer idade. Entretanto, a partir da declaração de Imposto de Renda 2019, essa informação será obrigatória.

O que posso deduzir do IR?

As principais despesas que podem ser deduzidas são:

  • Gastos do contribuinte e seus dependentes com saúde e educação. Para cada uma delas, é preciso informar nome, CPF do profissional ou CNPJ da clínica e o valor pago. É importante que você tenha em mãos todos os recibos desses gastos, pois a Receita pode exigir comprovação.
  • Outras despesas que podem ser deduzidas são: valor por dependente, pensão alimentícia, Previdência Social e previdência privada. Porém, é preciso ter cuidado, pois cada caso tem suas especificidades.

Como recebo a restituição do imposto de renda?

O pagamento é feito pela Receita Federal diretamente na conta que você informou quando enviou a declaração de Imposto de Renda. O valor vai ficar disponível no banco durante um ano. Se você não fizer o resgate nesse prazo, terá que fazer um pedido de pagamento por um formulário eletrônico na Receita.

As restituições serão pagas pela Receita Federal em 7 lotes, entre os dias 15 de julho e 17 de dezembro. O primeiro lote é destinado ao grupo de contribuintes pertencentes ao grupo de Prioridade.

Como a Marlian pode ajudar você na sua declaração?

Contar com o auxílio de um contador pode ser a melhor alternativa para evitar problemas com o Leão. Isso porque mesmo as declarações mais simples podem ter detalhes que não são conhecidos pelo contribuinte e qualquer erro pode fazer a pessoa cair na malha fina.

Com 50 anos de experiência, a Marlian Contabilidade conta com uma equipe especializada na área tributária para fazer sua declaração, evitando erros que podem causar prejuízos ou transtornos a você.

Este artigo foi útil? Então aproveite e compartilhe com seus amigos e conhecidos que também precisam declarar o Imposto de Renda!

Achou complicado fazer a declaração do Imposto de Renda sozinho? Entre em contato conosco para ajudarmos você nessa tarefa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.